Seja também um sócio

Somos 10 torcedores

Meta 20.000

Notícias

Goleada e bom futebol

Foto: Rodrigo Baltar

O Santa Cruz teve uma grande tarde, neste sábado. 

A equipe coral não apenas venceu o Central. O Tricolor mostrou um bom futebol e o placar veio como consequência.

5x1 para o Santa Cruz, com gols de Halef Pitbull, Anderson Salles, Federico Gino e Éverton Santos, duas vezes. Com o resultado, o Mais Querido assumiu a vice-liderança do Campeonato Pernambucano, ainda esperando o complemento da rodada.

A goleada e a apresentação acima da média aumentam a confiança do elenco coral. Daqui para frente, as decisões começam a aparecer!

Diante do Central, o Santa começou em ritmo muito forte. Desde o primeiro lance, a equipe coral acelerou o jogo e encontrou o domínio das ações. 

Logo aos dois minutos, o Tricolor abriu o placar. Tiago Costa, muito bem na partida, fez o cruzamento na área. Thomás e Pitbull ainda desviaram e a bola sobrou para Éverton Santos, livre, empurrar para o gol. 

O Santa Cruz não diminuiu a intensidade. Continuou pressionando o Central. 

O time, como um todo, funcionou bem. A equipe teve uma atuação coesa, com todos os setores funcionando.

Não demorou para o Santa ampliar a vantagem. Aos 17, Éverton Santos aproveitou mais um cruzamento na área e marcou o segundo. 

Aos 32, Anderson Salles quase marcou um golaço de falta! É impressionante a qualidade do zagueiro na bola parada! Desta vez, o goleiro e a trave salvaram o Central. 

Poucos minutos depois, aos 38, o Santa encaixou mais uma grande jogada e Halef Pitbull balançou as redes. Uma jogada muito bem trabalhada! No último momento, Vítor deixou o camisa 9 sozinho, embaixo da barra, com o trabalho apenas de empurrar a bola. 

Final de primeiro tempo, 3x0 para o Santa Cruz. Pelo futebol apresentado, acabou sendo pouco. 

Após construir a vantagem, o Tricolor voltou para a etapa final exercendo menos pressão e administrando mais o jogo. 

Dentro deste contexto, o Central conseguiu diminuir o marcador, com gol do zagueiro Thomás, aos 11 minutos.

Foi apenas um pequeno susto. O Tricolor continuou mandando no jogo.

A bola parada de Anderson Salles, que não tinha entrado na etapa inicial, entrou aos 18 do segundo tempo. Sem chance para o goleiro! O zagueiro é impiedoso nas cobranças de falta! 

As oportunidades não paravam. O Santa Cruz teve a possibilidade de aplicar uma goleada ainda maior. Léo Costa, aos 38, desperdiçou uma cobrança de pênalti. O goleiro Dênis defendeu. 

Aos 44, Federico Gino aproveitou mais um rebote e deu números finais ao jogo. 5x1 para o Santa Cruz!

O próximo desafio coral será diante do Campinense, na quarta-feira, no Arruda. É decisão e vale classificação na Copa do Nordeste! 

 

Notícias Relacionadas